Será que vão gostar?

Oi gente, faz um tempo que eu comecei a escrever um micro livro meu, que tem apenas três capítulos mas quem leu gostou. Então eu lembrei dele e vou postar ele aqui o.k se vocês gostar (se é que eu tenho algum leitor). Eu continuo.

Capitulo 1:

APENAS UMA NOVATA.

Capitulo 1:

APENAS UMA NOVATA

Mais um ano começa só que agora é diferente, sou uma novata no colegial, estou nervosa para o primeiro dia de aula falam que são difíceis não quero que comece logo não mesmo. Sabe eu não tenho muitos amigos, pra falar a verdade eu nem tenho, mas não vou falar que estou feliz assim porque não estou, se eu tivesse uma lâmpada magica mais só uma desejo com certeza pediria amigos. Minha mãe é uma pessoa muito boa comigo e com meus irmãos, mas acho que não sou tão boa assim, mas meu pai é um homem de poucas palavras, mas ele não é mal só tem a aparência, acho que puxei para ele não na questão da má aparência, mas sim nas poucas palavras. Falei tanto e nem me apresentei, sou Amy uma adolescente invisível pronta para enfrentar o colegial ou não. 
Logo cedo minha mãe me acorda calmamente, pois o despertador não deu conta de me acordar, tomo banho arrumo minhas coisas e vou tomar café, minha mãe como sempre sabe como estou me sentindo e fez um café maravilhoso para mim com panquecas eu adoro panquecas e minha mãe acertou de novo. Escovo os dentes e vou esperar o ônibus, quando entro vejo pessoas dizendo:
-Mais uma novata ha ha ha!
Dirijo-me para a parte traseira do ônibus e sento pego meu caderno e começo a escrever, ainda não contei, mas como tinha dito sou uma pessoa de poucas palavras então tudo que eu imagino eu escrevo como se fosse um livro ou um diário, às vezes me pergunto por que não escrevo sobre oque acontece na minha vida, aí eu me lembro de que na minha vida não tem nada de emocionante para ser dita nem mesmo escrita. 
Quanto estou escrevendo e imaginando como minha vida poderia ser escuto um barulho olho para o meu lado um garoto sentou-se do meu lado, quando olhei para ele estava com o fone de ouvido com certeza no volume máximo, pois consegui escutar perfeitamente a musica a qual ele estava escutando era Don’t Cry do Guns N’ Roses, ótimo gosto musical, outra coisa que reparei foi seus lindos olhos brilhantes e verdes. Nunca o vi antes será que também é novato?
Cheguei á escola e tinha uns veteranos zombando e fazendo brincadeiras sem graças com os novatos eu me escondi não ia pagar um mico desses, fui direto para meu armário, peguei minhas coisa e fui para a aula de leitura.
O professor parecia legal passou um livro para cada um da sala era para ler e depois fazer um resumo, o livro parecia ser legal, ele estava explicando sobre o livro quando fez pergunta para classe.
Professor:
-Quem escreveu este livro:
Foi explicando quando uma garota no fundo ergueu a mão e respondeu, mas estava errado eu já sabia quem era havia lido alguns livros dele, mas resolvi não responder, foi quando o professor falou quem era, mas antes ele olhou para mim bem no fundo dos meus olhos até parecia que ele sabia que eu sabia a resposta. Bate o sinal para o intervalo pego meu lanche e pergunto para meu irmão se posso se sentar com ele, mas ele diz que não então sento sozinha, e começo a ler o livro que o senhor Mason emprestou, depois de acabar de ler o primeiro capitulo, pego meu caderno e começo a escrever como poderia ter sido meu primeiro dia de aula.
Na saída da escola fico esperando o meu ônibus quando uma menina chega esbarrando em mim sem eu ter feito nada para ela, mas eu n falei nada deixei quieto. Quando o ônibus chega sento no mesmo lugar, pego meu caderno e começo a escrever novamente, e o mesmo garoto senta ao meu lado, sem querer meu caderno caiu e ele educadamente pegou o caderno e me entregou, mas sem duvida ele deu uma lida. Quando falou:
-Bela letra.
Eu:
-Obrigada.
E foi a única pessoa com a eu conversei no meu primeiro dia de aula, não foi uma conversa longa mais foi uma conversa.
Chego em casa tenho uma surpresa e tanto meu irmão que está na faculdade foi nos visitar, nossa faz um bom tempo que vi ele. Deu-me um abraço forte e disse:
-Minha garotinha está cada vez melhor.
E eu sorri.
Ele é o irmão que qualquer pessoa quer ter ele é mais que isso é meu amigo também. Ele sempre me apoia em tudo que eu faço, mas sempre está falando que eu devia conversa mais assim eu teria mais amigos. Ele jantou conosco e dormiu em casa também, mais logo cedo ia embora. Eu o vejo uma vez no ano mais essa já foi á segunda vez que ele veio nos visitar e eu estava tão feliz, que resolvi pela primeira vez escrever sobre o que aconteceu na minha vida, até eu me surpreendi não pensei que fosse escrever, mas escrevi.
“Caro amigo.
Hoje não foi um dia tão ruim, mas não foi tão bom estou muito feliz, pois meu irmão veio nós visitar e eu estava com muita saudade dele. Hoje foi meu primeiro dia de aula e pra falar a verdade eu odeio o colegial, os veteranos são metidos pensa que manda nos calouros só porque está lá por mais tempo, eu achei isso ridículo, mas já imaginava que isso fosse acontecer. “Hoje um garoto sentou-se do meu lado no ônibus e disse que eu tinha uma letra bonita foi à única pessoa que falo comigo hoje na escola, e ele tem um ótimo gosto musical, pois quando estava indo para escola também sentou ao meu lado e estava escutando Don’t Cry.”

continua…….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s